✓ A Casa dos Budas Ditosos || Æ PDF Read by ↠ João Ubaldo Ribeiro


  • Title: A Casa dos Budas Ditosos
  • Author: João Ubaldo Ribeiro
  • ISBN: 9788573022391
  • Page: 370
  • Format: Paperback

  • Ao receber, segundo afirma, um pacote com a transcri o datilografada de v rias fitas, gravadas por uma misteriosa mulher, o escritor Jo o Ubaldo Ribeiro n o podia imaginar o que o esperava E agora voc , inocente leitor, que sequer pode suspeitar o que o aguarda em cada uma das p ginas deste livro Nelas se conta uma vida E a suposta autora teria enviado seu testemunhoAo receber, segundo afirma, um pacote com a transcri o datilografada de v rias fitas, gravadas por uma misteriosa mulher, o escritor Jo o Ubaldo Ribeiro n o podia imaginar o que o esperava E agora voc , inocente leitor, que sequer pode suspeitar o que o aguarda em cada uma das p ginas deste livro Nelas se conta uma vida E a suposta autora teria enviado seu testemunho para que fosse utilizado para o volume sobre a lux ria da Cole o Plenos Pecados O escritor aceitou o oferecimento e o resultado final est agora diante de voc , que deve preparar se para um relato pouco comum, s vezes chocante, s vezes ir nico, sempre instigante Na verdade, dificilmente a fic o poderia alcan ar os limites do que a devassa senhora viveu e narra em detalhes riqu ssimos Se o leitor tem alguma d vida, ela logo se dissipar , neste fascinante mergulho na vida espantosa de uma mulher sem d vida excepcional, cuja narrativa alcan a as dimens es de um retrato sociol gico de toda uma cultura e uma gera o, envolvendo um dos pecados mais indom veis, e capitais.
    João Ubaldo Ribeiro
    Jornalista, escritor e argumentista brasileiro nascido a 23 de Janeiro de 1941, na Ilha de Itaparica, Bah a Estreou como jornalista em 1957 no Jornal da Bahia Estudou Direito na Universidade Federal da Ba a e, enquanto estudava, participou na edi o de jornais e revistas e numa colect nea de contos editada pela universidade em 1961 Em 1963, Ribeiro escreveu o seu primeiro romance, Setembro n o faz sentido, que s foi publicado cinco anos mais tarde Fez o mestrado em Administra o P blica e Ci ncia Pol tica, em 1964, na Universidade da Calif rnia do Sul, nos Estados Unidos da Am rica, e, de 1965 a 1971, ingressa na Universidade Federal da Bah a como professor de Ci ncias Pol ticas Insatisfeito com a experi ncia, Ribeiro retoma a sua actividade como jornalista Em 1971 publica o seu romance Sargento Get lio , que foi alvo de produ o cinematogr fica em 1983 Viajou e viveu em v rios lugares, entre eles em Portugal, em 1981, em consequ ncia de uma bolsa da Funda o Calouste Gulbenkian Participou em v rios eventos culturais no estrangeiro, como o Festival Internacional de Escritores 1982 , no Canad , e a Feira do Livro de Frankfurt 1994 , na Alemanha Professor catedr tico na Universidade de Tubigem, na Alemanha, passou a fazer parte da Academia Brasileira de Letras em 1994 Entre as v rias obras do autor encontram se os romances O sorriso do lagarto 1989 , alvo da elabora o de uma s rie televisiva, A casa dos Budas Ditosos 1999 e Di rio do Farol 2002 , as cr nicas Um brasileiro em Berlim 1995 e O Conselheiro Come 2000 , e na literatura infanto juvenil Vida e paix o de Pandomar, o cruel 1983 Ribeiro venceu o prestigiado Pr mio Cam es em 2008.Morreu a 18 de julho de 2014, no Rio de Janeiro.


    Commentaires:

    Carmo
    Sexo vende, corrompe, desperta curiosidade, voyerismo, move o mundo desde sempre. Se é de sexo que querem ouvir falar, vieram ao sitio certo. É mais ou menos o mesmo que ver um filme pornográfico hard-core. Não tem argumento nem segue qualquer ordem. Mas tem pinocada do principio ao fim; em todas as línguasmiante, em todos os lugares e com toda a gente, nem os bichinhos escaparam.A ser verdade, este é o depoimento de uma senhora de 68 anos vitima de um aneurisma inoperável.A mim pareceu-m [...]

    Kelly
    Was given this from a friend who claimed that the author was one of the best from Brazil. Having no understanding of the book based on the title, I was surprised to read how freely sexual the book is. The author is writing for a woman who boasts about her sexual conquests, in a time where sexuality was mostly hidden, private, and rarely spoken about beyond the married man and woman.The writing is marvelous, the stories: outrageous. This intelligent, educated womans' sexual journey goes from sedu [...]

    Miguel
    Excelente. João Ubaldo consegue fazer de cada parágrafo, de cada frase, quase de cada palavra, uma arma de arremesso político contra todos os tabus morais com que embrulhamos o sexo para domesticar a sua natureza selvagem, que, deixada à solta, faria de nós seres libertinos e incontroláveis. Deus, Pátria e Família, a sagrada trindade das ditaduras conservadoras do século passado, sofre tiro à peça e sai arrasada.E como seria de esperar no autor, fá-lo (trocadilho não intencional) co [...]

    João Roque
    É-me algo difícil dar numa só palavra um adjectivo a esta obra de João Ubaldo Ribeiro.É sem dúvida o relato bastante elucidativo da vida sexual de uma mulher que viveu intensamente esse capítulo da sua vida, sem peias e sem rodeios; mas também, pese embora esse relato não tenha quaisquer problemas em mostrar os mais escabrosos acontecimentos, o curioso é que nunca o faz de uma forma descritiva que possa ser considerada pornográfica. Antes pelo contrário, há um refreamento no uso das [...]

    Vasco Simões
    Li este livro há muitos anos quando surgiu a polémica da proibição da venda nos supermercados. Foi o melhor marketing que podiam ter feito ao autor porque tive logo curiosidade de ir ler o "livro proibido". Têm umas cenas eróticas mas que sinceramente ao lado dos livros das sombras de Grey são "peanuts". Felizmente os supermercados ficaram menos pudicos e, pelos vistos, agora vendem tudo o que vende seja picante ou não desde que venda.

    Rodrigo Ferrao
    Luxúria - pecado capital. Significa: «Deixar-se dominar pelas paixões». A casa dos Budas Ditosos é um livro com bola vermelha no canto. Proibido a pessoas sensíveis e que entrem facilmente em choque.A linguagem é muito forte e crua: retrata a vida de uma mulher e das suas aventuras sexuais. Com mulheres, familiares, amigos, em grupo, casados ou solteiros. Numa entrevista ao jornal Público, João Ubaldo Ribeiro afirmou: « Eu não me importo que digam que (o meu livro) é pornográfico. P [...]

    Rosa Ramôa
    Muito inquietante!Erótico*"Faço tudo que me dá na cabeça, não quero saber de limitações. Eu não pequei contra a luxúria. Quem peca é aquele que não faz o que foi criado para fazer."

    Zeca
    Livro que mexe com a cabeça, conceitos e sua visão sobre sexo, hedonismo e etica. Livro é pequeno, tem que ler

    Caroline Gurgel
    Nem ia escrever sobre esse livro, mas, vejam só, as suas entrelinhas martelaram tanto minha cabeça desde o término da leitura que me vi compelida a expor meus pensamentos. João Ubaldo Ribeiro afirma ter recebido na portaria de seu prédio um pacote com a transcrição de várias fitas narradas por uma mulher de 68 anos, nas quais ela conta as peripécias de sua vida - que não foram poucas e tampouco foram ingênuas. São relatos sem pudor algum de uma mulher rica e culta, que teve uma vida [...]

    Alice Almeida
    “A Casa dos Budas Ditosos”, nas palavras da própria narradora, “não é um romance, nem enredo tem (), mas é olhar pelo buraco da fechadura”. O grande monólogo – que não tem início, meio, nem fim – não conta história nenhuma e, ao mesmo tempo, conta todas as histórias de uma vida. Se engana - e acho até que deve se decepcionar - quem imagina se tratar de um livro de putaria; ou pornografia organizada o suficiente pra poder ser chamada de “literatura”. O livro é uma gran [...]

    Margarida
    divertido, muito divertido, a história da luxúria com tudo a que tem direito: palavras, actos, tudo e tudo sem pudor; o relato das aventuras sexuais de uma mulher, desde a adolescência até à velhice. sem peias, nem temores, a devassidão, a loucura.a dada altura, no fim, de tanto repetir o quanto gostaria de fazer sexo com animais, achei um pouco vulgar e gráfico, bastante gráfico.

    Eric Novello
    3.5 estrelas. Livro bom, que evolui bem da metade para o final. Cheio de libertinagens e sacanagens, mas estranhamente atravessado por uns comentários sexistas e moralistas aqui e ali. Faz parte da composição da narradora, é feito de propósito, mas ainda assim acho estranho.

    Larissa
    Comecei a ler porque estava entediada em uma aula da faculdade. Me surpreendi com a escrita fluida, a habilidade no uso da língua e a construção da protagonista e com as minhas próprias reações ao que se desenvolvia diante de meus olhos.

    Terpsicore
    A fun read, but a bit embarasiing to read on the subway.

    Francisca Prieto
    Tremendamente bem escrito, com um nadinha de pornochachada a mais. Menos umas trepadelas e estava bem.

    Danılo Horă
    olha, por baixo dessa linguagem de público de meia idade do teatro ruth escobar existe bastante ranço moralista e sexista

    Gláucia Renata
    O livro faz parte da coleção Plenos Pecados e retrata a luxúria. Parece ter sido escrito com o único objetivo de chocar.

    Marcia Davies
    One of the best books ever! Great fun and very well written.

    Iceman
    Há livros que me vêm parar às mãos de uma forma quase surrealista. Muitos deles surgem-me quase vindo do nada e por vezes dou comigo a olhar para livros nas minhas estantes que, juro, não me recordo como apareceram ali.Neste caso concreto, "A casa dos Budas Ditosos", não foi o caso de não saber como ali foi parar. Sei-o porque me foi oferecido há anos, a questão é que nunca me senti minimamente motivado para o ler dado, não só o estranho e estúpido título, como também porque não [...]

    Luís Felipe Mansur
    AMEI! Um volume da Coleção Plenos Pecados que tem como tema a Luxúria, e que fala de sexo, através do sexo, mas não só sobre sexo. Muitos pensamentos que estão entre nós ditos sem meias-palavras. Divertido e excitante. Recomendo a leitura!

    Vanda
    Este livro de João Ubaldo Ribeiro é um cocktail de luxúria, sexo, erotismo, pornografia, ironia e gargalhada do início ao fim. Mas, como "não há bela sem senão", aqui estou eu para limpar algum pó escondido debaixo da cama.Considero-me uma mente aberta, permeável a não repudiar o que não conheço; todavia, resumir a vida ao conceito de que ela "é foder em última análise." deixa de lado muitas outras maravilhas deste tempo que não é perene, que urge usufruir como bandeira e ideal [...]

    Mari
    Engraçado, chocante, incrivelmente escrito, esse é um livro que quer te surpreender. Por isso, fuja das resenhas e mergulhe nessa deliciosa narrativa de João Ubaldo Ribeiro, e leia sobre sexo e feminismo como você nunca leu! De forma irreverente e ao mesmo tempo cheia de verdades, o autor apresenta esse tema "controverso" encantando o leitor a cada página, em uma narrativa fluida que simplesmente torna impossivel interromper a leitura. Fascinante e até mesmo libertador, esse livro só me t [...]

    Filipe Freitas
    inusitado

    Ezequiel Dantas
    Intrigante e Libertador. Demasiado Humano, além de bem humorado.

    Lucas
    De maneira geral eu gostei do livro, mas com ressalvas. João Ubaldo editou um livro que foi encontrado em sua casa e que foi escrito por uma senhora já com seus 60 e poucos anos, onde ela narra sua nada trivial vida. A senhora foi durante toda a vida movida por sexo, luxuria e uma leitura bem própria do que é aproveitar a vida.Gostei dos conceitos que ela aborda, principalmente quando ela joga na nossa cara a hipocrisia da sociedade que critica a luxuria e a entrega aos prazeres da carne e d [...]

    Ana Helena
    A narradora está construída com bastante verossimilhança, o que me parece dá ao livro muita vida. Prosa bem trabalhada em matéria de oralidade, o que torna a leitura leve, mesmo quando o texto fica mais quente (talvez inclusive como estratégia de aproximar o leitor de sua visão sobre temas, que, em geral, a maioria discordaria publicamente).As digressões cortam o clima, mas ao mesmo tempo criam diversas associações entre o sexo e outros assuntos, como a religião e os tabus que reveste [...]

    Henrique Zatti
    Um livro necessário. Lido em uma sentada deliciosa.Narrado como uma grande digressão de uma senhora relembrando e nos contando sua vida, traz pensamentos e sacadas geniais sobre a vida como um todo, mas focando em uma coisa: sexo. É um grande tapa para mostrar e escancarar as diversas amarras e traumas e esquisitices que nós temos em relação à esse assunto, e como deixamos de nos permitir por conta de todos esses penduricalhos.

    Karina Finke
    Sem nenhuma hipocrisia, a personagem conta suas experiências sexuais, mostrando que a sociedade é bem enrustida nessa área. Há muitas passagens bem interessantes para refletir. Com muito bom humor, tive que dar algumas altas risadas.

    Dina Sousa
    É um livro de fazer corar quem o recomenda mas cumpre inteiramente a função a que Ubaldo Ribeiro se lança. Mais não digo, é de ler

    Tijl Vandersteene
    Een boek schrijven over de aardse, lichamelijk liefde, het is geen eenvoudige opdracht blijkt andermaal. In Het huis van de gelukkige boeddha's vertelt een vrouw zonder schroom over de vele vormen van liefde die ze bedreven heeft, alles expliciet maar gelukkig zonder de typische, lelijke eufemismen. Het moet een ode zijn aan sex zonder remmingen maar hoewel het opmerkelijk mooi en prikkelend begint verzandt het verhaal uiteindelijk toch in een opsomming van gewaagde avonturen en een herhalen van [...]

    • ✓ A Casa dos Budas Ditosos || Æ PDF Read by ↠ João Ubaldo Ribeiro
      370 João Ubaldo Ribeiro
    • thumbnail Title: ✓ A Casa dos Budas Ditosos || Æ PDF Read by ↠ João Ubaldo Ribeiro
      Posted by:João Ubaldo Ribeiro
      Published :2019-03-02T23:50:39+00:00